Roger Federer is back

Federer, que atualmente está com 39 anos e ocupa o sexto lugar no ranking, não entrava em quadra desde o dia 30 de janeiro de 2020 na semifinal do Australian Open, vencida por Novak Djokovic por 7/6(1), 6/4 e 6/3. Depois do torneio, ele passou por uma artroscopia no joelho direito em fevereiro de 2020.

Porém, tanto o suíço quanto sua equipe esperavam que a recuperação fosse rápida e que não fosse uma lesão muito grave, mas não foi o que aconteceu. Em junho do mesmo ano, foi necessária outra artroscopia no joelho, e assim, Roger anunciou que não competiria mais no ano de 2020.

Entretanto, após mais de 400 dias afastado por causa dessas lesões, Roger Federer voltou ao tênis nesta quarta (10) com uma vitória espetacular em duelo de 2h24 em Doha contra o britânico Daniel Evans. Logo no início do jogo, o maestro do tênis mostrou estar com o físico em dia e disparou seu rico arsenal de lindas bolas vencedoras, o que serviu muito bem no primeiro set.

O suíço venceu o primeiro set no tie-break, que foi igualmente equilibrado. Evans e Federer trocaram dois mini-breaks, e Evans chegou ao set point no 6/5, mas Federer confirmou seu serviço com uma direita vencedora, depois de um ótimo saque.

Já no segundo set da partida, Daniel conseguiu se sobressair no jogo. Roger estava oscilando muito, e teve seu saque quebrado pelo britânico. Dessa maneira, Evans venceu seu primeiro set contra o veterano, em 11 sets disputados no histórico de quatro confrontos entre os dois.

Partindo para o terceiro set da partida, o equilíbrio entre os dois tenistas voltou, e tivemos um set extremamente disputado e cheio de jogadas espetaculares em ambos os lados. Federer voltou a alinhar sua esquerda, fez o serviço com maestria e o britânico jogou à altura, nos proporcionando um belo espetáculo.

Mesmo com o nível de jogo elevado, não deu para Daniel Evans. Roger Federer mesmo ainda um pouco irregular, mostrou o motivo pelo qual é considerado o maestro das quadras e assumiu riscos em seus games de saque, levantando a torcida com bolas espetaculares e seu tradicional volley.

O suíço retornou em grande estilo, vencendo o set e o jogo com um backhand na paralela, que é simplesmente o golpe mais lindo do Roger Federer. O atual número 6 do ranking fez uma dúzia de bolas espetaculares, mas também cometeu erros bobos, o que é normal depois de ficar 405 dias fora e de passar por duas cirurgias. Portanto, podemos afirmar que ele voltou em alto nível.

No pós jogo, Federer disse: “estou muito feliz em voltar, estaria feliz de qualquer maneira apenas por voltar, mas voltar ganhando e me sentindo fisicamente bem deixa tudo ainda mais prazeroso nessa volta. Me preparei para estar aqui e estou muito feliz, não me vejo se aposentando ainda, no momento estou mais do que feliz por estar de volta”.

3 comentários em “Roger Federer is back

Adicione o seu

  1. Volto a repetir a Ana é uma grande aquisição para o site de vocês, ela escreve tanto em modo de reportagem como em textos que transmitem emoções. Gosto muito do trabalho dela no twitter e agora aqui,

    Curtido por 2 pessoas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: