(Re)conheça Janeth!

O nome dela é Janeth dos Santos Arcain, nascida no dia 11 de abril de 1969, na cidade de Carapicuíba (SP). Essa paulista do interior queria ser jogadora de vôlei na infância, e chegou a jogar por um curto período de tempo pelo time do Corinthians. O basquete só entrou na sua vida aos 14 anos de idade, após assistir ao Mundial de 1983 em São Paulo, o que a fez voltar para sua cidade e passar a jogar basquete.

Logo no início de seus treinos de basquete, sua professora de educação física a levou para a cidade de Catanduva, para jogar pelo Higienópolis. E em seu ano de estreia, a ala-armadora conquistou o Campeonato Paulista Mirim e foi considerada a melhor jogadora da categoria.

Após isso, a pequena Janeth começava a chamar atenção pelo seu talento com a bola laranja, e seu caminho dentro do basquete feminino começaria a nascer. A ala-armadora teve passagens por BCN (SP), Jundiaí (SP), Constecca Sedox (SP) Sorocaba (SP), Santo André (SP), Vasco da Gama (RJ), São Paulo (SP) e Ourinhos (SP).

Depois disso, ela entrou para a história do basquete feminino brasileiro ao ser a primeira jogadora brasileira a participar da WNBA (Women’s National Basketball Association). Ela ficou nos Estados Unidos por oito anos, e não só fez parte da WNBA como fez parte da primeira dinastia da liga, vencendo o campeonato por quatro vezes pelo Houston Comets.

Ainda no Houston Comets, Arcain foi a terceira jogadora mais votada pelo público para compor o elenco do jogo das estrelas de 2001. Respeita a mulher, não é mesmo? A jogadora é um das maiores referências que as jogadoras de basquete tem, tendo uma carreira gigante tanto no Brasil quanto fora dele.

Por falar em Brasil, ela foi capitã pela nossa amarelinha, de 1998 a 2007. Janeth Arcain conquistou o ouro no Pan-americano de 1991 e no Mundial de 1994, a prata no Pan-americano de 1987 e nas Olimpíadas de 1996, e o bronze nos Jogos Olímpicos de 2000. Ela ainda ganharia mais uma medalha no ano de 2007, em que a ala-armadora se despediu da seleção brasileira e das quadras conquistando a prata no Pan.

Janeth é considerada até hoje uma das maiores jogadoras de basquete da história do Brasil e uma das melhores jogadoras do basquete mundial. Ela é a terceira maior pontuadora da história da seleção, tendo anotado 2.247 pontos em 138 jogos oficiais, o que dá uma média de 16,3 pontos por jogo, e acumulou 39 títulos conquistados ao todo, contando seleção e todos os clubes que representou ao longo da carreira.

Em 2014, Janeth se tornou membra do Hall da Fama do Basquetebol Feminino. Em 2016, Janeth foi escolhida para ser a “prefeita” da Vila Olímpica nos Jogos Olímpicos do Rio. E em 2019, Janeth Arcain foi introduzida ao Hall da Fama da FIBA.

E esse foi um belo resumo sobre a carreira da nossa brilhante Janeth Arcain. No entanto, acho que vocês puderam perceber que de curta e resumida a carreira dela não tem nada. Se eu puder fazer um pedido a vocês, meus caros leitores, é: reconheça Janeth dos Santos Arcain e, sempre que possível, faça as novas gerações conhecerem nossa eterna ala-armadora.

Se o basquete feminino ainda existe hoje e atletas brasileiras possuem chances para jogar fora do país, é muito por causa dela e das portas que ela abriu dentro desse esporte.

Um comentário em “(Re)conheça Janeth!

Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: