Seja “Ben”-Vindo ao 76ers, James Harden!

Após estratégias e constantes rumores, um acordo foi concretizado entre Nets e Sixers, trocando James Harden e Ben Simmons.

Desde o final da série de sete jogos entre Philadelphia 76ers e Atlanta Hawks, o armador australiano abandonou as quadras, deixando de jogar as Olímpiadas de Tóquio pela Austrália, inclusive deixando de ganhar a medalha de bronze. Com isso, foi ficando claro que algo não estava certo.

Momentos depois, o que todos temiam se confirmou: as relações entre Simmons e Philadelphia estavam estremecidas. O camisa 25 afirmou que estava chateado com as declarações do técnico Glen “Doc” Rivers, que dizia que não sabia se o jogador poderia ser a peça fundamental de um time campeão. Além disso, seu companheiro de time, Joel Embiid, havia dado a entender, em entrevistas, que culpava o armador de 24 anos pelo fracasso da franquia nos Playoffs.

Doc Rivers sobre situação de Ben Simmons "Não me preocupo com o que não  temos." - NBA PORTUGAL
Ben Simmons e Doc Rivers. Foto: Divulgação/NBA Portugal

Em questão de tempo, o pedido formal de troca do empresário do atleta foi feito, afirmando que Ben não vestiria nunca mais as cores do 76ers, assim como afirmava que a torcida da franquia era um dos maiores impecilios para isso. O comentarista da ESPN, Stephen A. Smith, afirmava que Simmons deveria retornar às quadras e, mostrando seu esforço, a torcida iria abraça-lo novamente como parte fundamental da franquia.

“Só que não!” O que parecia ter uma resolução rápida e óbvia, teve um caminho completamente árduo montado pelo presidente de operações, Daryl Morey. O gerente geral declarou que só trocaria o armador pelo preço que ele realmente vale, ou seja, somente por uma super estrela.

Nomes como Damian Lillard, do Portland Trail Blazers foram ventilados como alguns dos interesses da franquia. A Free Agency de 2021-22 começou com, segundo Morey, todas as franquias perguntando o preço pelo camisa 25. Com isso, as propostas começaram a ser especuladas.

Em uma delas, o Indiana Pacers ofereceu Malcom Brogdon e uma escolha de primeira rodada por Ben Simmons. A recusa causou muito criticismo por parte de comentaristas e especialistas, enquanto isso, o 76ers continuava multando o armador pelos jogos que deixou de atuar, algo que gerou um prejuízo de até 12 milhões de dólares ao atleta.

Plenty of work lies ahead for Daryl Morey in Philadelphia | NBA.com
O GM Daryl Morey. Foto: Divulgação/NBA.com

Algumas fontes afirmavam que Simmons enfrentava sérios problemas mentais. A franquia chegou a cogitar não enviar multas para o atleta, desde que ele fosse as sessões de terapia, com o psicólogo formado em casos esportivos. Daryl Morey, em entrevista ao Philly Voice, afirmou que se fosse preciso esperar quatro anos para concretizar um acordo pelo australiano, ele esperaria. A afirmação chegou a ser respaldada pelo pivô, Joel Embiid, ao afirmar que o time não precisava passar por mudanças drásticas.

As atitudes e os rumores soltos pela imprensa norte americana fizeram torcedores e jornalistas comentarem sobre um certo “preciosismo” por parte do presidente de operações, utilizando o argumento de que Simmons estava há meses sem jogar e que seu valor já não era mais o mesmo. O armador declarou que não era obrigação dele em recuperar seu valor e que o negócio deveria ser concretizado logo.

A insistência e resiliência de Morey começou a ser recompensada: rumores de fontes confiáveis começavam a creditar que James Harden estaria em atrito com o front office do Brooklyn Nets. O camisa 13 estava descontente com as escolhas do técnico Steve Nash e, em sua última entrevista, veio a público afirmar sua irritação.

Com a proximidade Trade Deadline se aproximando, o 76ers não apresentava sugestões de um movimento, até que Shams Charania, jornalista do The Athletic, e Adrian Wojnarowski, da ESPN, afirmaram que o negócio com o Nets estava perto de ser fechado.

Após propostas e contrapropostas de ambos os lados, o Brooklyn Nets aceitou dar James Harden e Paul Millsap por Ben Simmons, Seth Curry, André Drummond e escolhas de primeira rodada de 2022 e 2027(sendo essa protegida até a oitava escolha geral).

O atual ala-armador da Philadelphia será reavaliado no próximo final de semana, devido uma lesão na mão esquerda; é esperado que faça sua estreia na terça-feira (15) , contra o Boston Celtics, na Filadélfia.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s