No ano de novato, Magic Johnson rejeitou a Nike e perdeu cerca de 5 bilhões de dólares

Magic Johnson teve uma oportunidade de ouro em suas mãos, mas decidiu não fechar acordo com a Nike no começo de sua carreira

Criticada pelos ex-jogadores Kareem Abdul-Jabbar e Jerry West, a série Winning Time (Lakers: Hora de Vencer em português) narra os primórdios do Los Angeles Lakers dos anos 80 — time que ficaria conhecido como Showtime Lakers.

A trama produzida pela HBO dramatiza situações vividas pelos membros envolvidos naquela equipe e, por conta de suas caracterizações levemente caricatas, causou a indignação e polêmicas. Uma das cenas, no entanto, chama atenção.

No sexto episódio da primeira temporada, Magic Johnson faz diversas entrevistas para marcas de tênis. Era a temporada 1979-80, época em que Magic era um calouro promissor e que já desfrutava de grande popularidade com o público.

Naquele momento, as maiores marcas eram Converse e Adidas. Contudo, uma pequena empresa de tênis de corrida queria entrar no negócio milionário do basquete. Estamos falando da Nike, anos antes de revolucionar para sempre a moda e o esporte com o Air Jordan.

A recusa de Magic Johnson

Evidentemente, a Nike não podia competir financeiramente com as propostas das outras empresas. Desse modo, a empresa ofereceu para Magic: 100 mil dólares em ações da Nike, que valiam 0,18 centavos na época.

Além disso, segundo é mostrado na cena, Magic teria a primeira linha de tênis exclusiva, antes mesmo de Michael Jordan. Porém, o armador do Lakers optou por aceitar o dinheiro da Converse e fechou um acordo de 600 mil dólares, e se juntou ao seu rival Larry Bird — que também era um atleta da marca.

Larry Bird e Magic Johnson eram os maiores garotos propaganda da Converse nos anos 80. Foto: Reprodução/Converse

Dessa maneira, Magic perdeu, definitivamente, uma das maiores oportunidades de negócio de toda a história. Mas quanto ele perdeu exatamente?

Sim, Magic Johnson poderia ser um bilionário…

A própria série fez o cálculo de quanto dinheiro Magic Johnson poderia ter atualmente com essas ações. Se em 1979 uma única ação da Nike valia 18 centavos, nos dias de hoje a mesma ação vale 134 dólares.

Em outras palavras, Magic poderia ter hoje 5.2 bilhões de dólares (26 bilhões em reais), só com as ações da empresa.

Magic Johnson em cena da série Winning Time. Foto: Reprodução/HBO

“Com 19 anos, eu nunca tinha ouvido falar em ações. Eu só queria pegar aquele dinheiro (da Converse). Mas cara, eu já seria um trilionário agora. Era 1979… Quanto isso vale hoje? Caramba! Isso me mata toda vez que paro para. O Jordan teria me feito muito dinheiro!”, contou ex-jogador em entrevista.

Não que a lenda do Lakers tenha com que se queixar. Sua fortuna atual está estimada em 500 milhões de dólares (2.5 bilhões de reais), sendo um dos donos do Los Angeles Dodgers da MLB.


Confira no vídeo abaixo as diferenças entre a série Winning Time e o que realmente aconteceu na vida real:


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s