Resenha do livro “Onze Aneis: A Alma do Sucesso”, de Phil Jackson e Hugh Delehanty

Por Spurs Rio (@spurs_rio)

O texto abaixo é uma resenha do livro “Onze Aneis: A Alma do Sucesso”, escrito pelo lendário técnico Phil Jackson, multi campeão com Chicago Bulls nos anos 90 e Los Angeles Lakers nos anos 2000.

Publicado em 2014, o livro foi coescrito pelo autor Hugh Delehanty, que registrou as memórias de Phil Jackson, uma das maiores mentes da história dos esportes americanos.

Antes de tudo é importante reforçar que a resenha consiste na minha visão pessoal acerca da obra. Dito isso, confira o texto e tenha uma boa leitura!


O livro começa com o passado da vida do Phil desde sua carreira na Universidade da Dakota do Norte até a NBA, especialmente nos tempos de New York Knicks. Apesar de coadjuvante em Nova Iorque, os dois títulos conquistados pela franquia têm muito do “ser Phil Jackson”: liderança e jogo solidário.

A liderança de Phil, para mim, é a base do livro. Como ele demonstra seu entendimento não apenas sobre o jogo, como também na forma de gerir pessoas. Esses são aspectos que mostram o porquê ele conquistou a NBA treze vezes, somando as carreiras de treinador e atleta.

Por conta disso, sempre me questionei se ele era melhor gestor do que treinador. Mas no fim das contas, ambos os papéis se completam.

Sendo alçado à treinador do Chicago Bulls, ele iniciou uma mudança de jogo para famoso “Triângulo”. Contudo, indo além da tática, é muito interessante observar a forma que ele conduz com cada jogador, sabendo o que cada um poderia entregar, não se colocando acima de ninguém.

O trio de ouro do Chicago Bulls nos anos 90. Foto: Reprodução/NBAE

Esse modo de lidar com jogadores de forma mais serena e racional, até mesmo em derrotas, vem muito dos ensinamentos budistas que Phil leva em sua vida e que são muito abordados no livro. Ao longo dos anos, as lições foram cruciais para lidar com tantos egos.

O mais fascinante da época de Chicago é entender como ele construiu e reconstruiu o time e sua rotação em volta do Michael Jordan e Scottie Pippen. Podem até dizer que sem o Michael ele não venceria, como ocorreu em 1994 e 1995* (em que ele retornou no fim da temporada), mas sua “mão” fora da quadra foi fundamental.

Assim como em Chicago, a ida para os Los Angeles deu a Phil Jackson um verdadeiro timaço com dois grandes craques: Kobe Bryant e Shaquille O’Neal. E logo de cara, ele vence, o que só comprova seu impacto e liderança.

A segunda dinastia de Phil Jackson na NBA. Foto: Reprodução/NBAE

Mas aqui devo mencionar um ponto negativo. Às vezes, Phil descreve a virada em uma partida, ou até uma fase ruim como “algo que de repente aconteceu”.

Certamente os atletas eram excepcionais e conseguiram resolver os problemas dentro de quadra, mas acredito que faltou maior detalhamento em algumas reviravoltas.

Já no terço final do livro, o que mais chama a atenção é o relacionamento de Kobe com técnico, companheiros e sua forma de enxergar o jogo. Para quem não sabe como foi o desenvolvimento do atleta e ser humano Kobe Bryant, é magistral. Para mim, foi ponto mais revelador da obra.

Evidentemente uma clássica história de sucesso, não há muitos momentos de “baixo astral”. Porém, é um relato grandioso de uma carreira incrível e de bastidores que, em sua maioria, eu desconhecia.

Em suma, vale muito a pena conferir “Onze Aneis”. Não é uma biografia convencional, pelo menos não passou esse feeling. É um livro para o fã de basquete e de ídolos que ficarão para sempre no imaginário coletivo.


Para quem é fã de basquete, é quase obrigatório. Phil Jackson é um dos maiores treinadores de todos os tempos e as histórias contidas no livro são sensacionais, que ficarão registradas para sempre. Carreira vitoriosa e detalhada com coragem e muito amor ao basquete!

Nota 9 para o livro e fica a dica de leitura!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s