Quem é Rei perde a majestade?

A temporada 2021-22 foi marcada com a falta de LeBron James e sua equipe, o Los Angeles Lakers, mas será que isso realmente manchou seu legado?

“Alguns nascem com a grandeza como seu destino, enquanto outros tem a grandeza imposta a si mesmos”, conhecendo ou não esta afirmação, ela parece ter sido escrita de forma a caracterizar perfeitamente o legado de LeBron Raymone James Sr.

Desde o seu início em Akron, o “Rei” acostumou-se a estar (e ser) no centro das atenções, pináculo que conquistou com muito empenho. Desde o começo , isso lhe rendeu frutos, como por exemplo, a capa da revista norte americana, SLAM, com o título: “O Melhor jogador do Colegial na América agora”.

LeBron James como Capa da Sports Illustrated. Foto: Divulgação/ESPN

Desde o Draft de 2003 até os dias atuais, foram 19 temporadas e, com exceção do Ano de Novato, LeBron James esteve presente em todos os Playoffs, garantindo 9 presenças em Finais da NBA durante sua vitoriosa carreira, faturando 4 títulos da NBA em 3 franquias diferentes (Cleveland Cavaliers, Miami Heat e Los Angeles Lakers).

Quando LeBron James optou por recusar sua opção de reassinar com o Cleveland Cavaliers, em 2018, e assinar um contrato com o Lakers, Rich Paul, seu agente, afirmou que era uma opção diferente da ida a Miami e o retorno a Cleveland, por ser uma escolha que o atleta realmente queria fazer.

A contratação colocava expectativas de que a equipe se tornasse competitiva e retornasse aos “Dias de Glória”, tendo em vista que o Lakers não alcançava os Playoffs desde 2014.

LeBron James em sua apresentação no Lakers. Foto: Divulgação/Folha de São Paulo

Devido as lesões e um time composto de veteranos e playmakers, o Lakers não conseguiu se classificar aos Playoffs após derrota para o Brooklyn Nets de D’Angelo Russell e Jarrett Allen. A pressão pela classificação para a Pós-Temporada levou a contratação do técnico Frank Vogel e uma troca por Anthony Davis.

Após o título na temporada 2019-20 na “bolha” da Disney em Orlando, a expectativa era que os Lakers comandado por LeBron e Anthony Davis rendesse mais títulos e conquistas, porém, as mudanças e fracassos provaram para a franquia que a parceria, ao menos nos dias de hoje, é insuficiente.

A inclusão de estrelas como Russell Westbrook, Carmelo Anthony e o retorno de Dwight Howard, após uma temporada na Philadelphia, deixava as expectativas dos fãs em alta.

Dentro das quatro linhas, Westbrook teve atuações aquém das esperadas em seus 78 jogos, Anthony Davis teve dificuldades com uma lesão que o tirou de grande parte da temporada e Carmelo Anthony teve lampejos, sendo ser o único a representar algo em quadra, além de LeBron.

Como resultado, o Lakers fez um recorde de 33-49 vitórias e teve um aproveitamento pouco acima dos 40% em vitórias, o que garantiu a 11ª colocação na Conferência Oeste.

Los Angeles Lakers da temporada 2021-2022. Foto: Divulgação/Bleacher Report

Mas será que essa temporada realmente manchou a história de James na NBA e sua caminhada para se tornar um dos “melhores de todos os tempos ao lado de Michael Jordan”?

LeBron, no auge de seus 37 anos, jogou 56 jogos, sendo 56 como titular, e alcançou 30.3 pontos de média, 6.2 assistências e 8.2 rebotes por jogo, sendo 62% de conversões em bola de 2 pontos e 36% de bolas de 3 convertidas.

O Rei teve uma das temporadas individuais mais marcantes da sua carreira e, de certa forma, da história da NBA. O ala alcançou o segundo lugar como jogador com o maior número de pontos na história da liga, estando atrás apenas de outra lenda dos Lakers, Kareem Abdul-Jabbar.

Nesse sentido, LeBron James precisa de uma média próxima a 17 pontos por jogo na temporada de 2022-23 para ultrapassar a marca.

LeBron James na saída da Crypto Arena após a vitória sobre o Memphis. Foto: Divulgação/O Tempo

Independente dos gostos sobre o verdadeiro “G.O.A.T”, LeBron James vai para sua 20ª temporada, surpreendendo todas as expectativas. A temporada de 2022-23 já promete começar de forma grandiosa e, muito disso passa pelas mãos do Rei.


Curtiu o texto? Aproveite e também siga o Fora no TwitterFacebook e Instagram!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s